Publicidade

Estado de Minas

Agência americana prevê temporada de furacões próxima do normal


postado em 23/05/2019 21:15

A agência americana de rastreamento de furacões previu, nesta quinta-feira (23), uma temporada de furacões "próxima do normal" neste ano, após um destrutivo 2018.

A Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (Noaa) prevê uma probabilidade de 40% de uma estação próxima do normal, uma chance de 30% de uma estação acima do normal e de 30% de uma estação abaixo do normal.

A temporada se estende oficialmente de 1º de junho a 30 de novembro.

Os furacões Florence e Michael, em setembro e outubro de 2018, mataram dezenas de pessoas e causaram prejuízos de dezenas de bilhões de dólares na Carolina do Norte, Carolina do Sul e Flórida.

Neste período do ano passado, a Noaa previu uma probabilidade de 75% de uma temporada de furacões próxima ou acima do normal.

As autoridades estão encorajando os americanos a se prepararem. Mais de 80 milhões de pessoas vivem em áreas de alto risco nos Estados Unidos, a maioria das quais não fica nas costas, disse Gerry Bell, funcionário da Noaa.

Os danos provocados por furacões geralmente são causados mais por inundações do que por ventos fortes.


Publicidade