Publicidade

Estado de Minas

Guaidó: qualquer mediação internacional deve levar à saída de Maduro


postado em 18/05/2019 17:07

O opositor venezuelano Juan Guaidó defendeu, neste sábado (18), que qualquer iniciativa internacional para resolver a crise política em seu país - como a mediação oferecida pela Noruega - deve levar à saída do presidente Nicolás Maduro e a novas eleições.

"Agradecemos por todos os esforços, mas aqui temos tudo claro e não vão nos confundir", afirmou Guaidó, que disse ter atendido ao convite da Noruega para "aproximar soluções que passam pelo fim da usurpação, pelo governo de transição e pelas eleições livres".

Ele minimizou as declarações de Maduro, que ontem proclamou o "início das conversas" com a oposição venezuelana na Noruega.

Neste sábado, Guaidó liderou uma manifestação em Guarenas, periferia de Caracas. Ao fim do ato, pequenos grupos de opositores e de chavistas se enfrentaram, trocando palavras de ordem nas ruas e sem violência física.

A Noruega tem uma longa tradição de "facilitador" nos processos de paz no mundo. Em Oslo, foram assinados acordos entre palestinos e israelenses, assim como as negociações de paz entre o governo colombiano e a guerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), em 2016.


Publicidade