Publicidade

Estado de Minas

Porta-aviões americano atravessa o Canal de Suez em meio a tensões com o Irã


postado em 09/05/2019 12:55

O porta-aviões americano que se dirige para o Golfo atravessou nesta quinta-feira o Canal de Suez, em meio a tensões diplomáticas entre os Estados Unidos e o Irã, anunciaram as autoridades egípcias.

Em 5 de maio, o assessor americano para a segurança nacional John Bolton anunciou a implantação na região de uma força-tarefa liderada por um porta-aviões e uma força de bombardeiros, "para responder implacavelmente a qualquer ataque contra os interesses dos Estados Unidos ou de nossos aliados".

Dois dias depois, o Pentágono anunciou o envio de vários bombardeiros B-52 no Golfo.

"O chefe da Autoridade do Canal de Suez, Moham Mamish, assistiu nesta quinta-feira à passagem do porta-aviões USS Abraham Lincoln", informou o organismo em um comunicado.

O almirante Mamish recebeu o general Ralph Groover, adido militar dos EUA no Cairo, "que veio especialmente para verificar o bom trânsito do porta-aviões americano", acrescentou.

"O navio atravessou o canal normalmente e não temos nada a ver com suas transcendências políticas", disse à AFP um funcionário da Autoridade do Canal do Suez, que pediu anonimato.

Desde a retirada unilateral dos Estados Unidos do acordo nuclear internacional com o Irã, as relações entre Washington e Teerã ficaram consideravelmente tensas.

Bolton, ao anunciar a mobilização do porta-aviões, enviou "uma mensagem clara e inequívoca ao regime iraniano", segundo um comunicado da Casa Branca.

O Irã é o rival regional da Arábia Saudita e dos Emirados Árabes Unidos, aliados próximos da administração do presidente Donald Trump.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade