Publicidade

Estado de Minas

Deslizamento mata 19 e deixa 14 desaparecidos na Colômbia


postado em 21/04/2019 21:25

Pelo menos 19 pessoas morreram e 14 estão desaparecidas em um deslizamento de terra que soterrou oito casas em uma área rural no sudoeste da Colômbia, informaram as agências de socorro.

As autoridades temem que os 14 desaparecidos tenham morrido, disse à AFP o chefe dos bombeiros da cidade de Popayán, Juan Carlos Gañán.

"Nossa solidariedade aos parentes das vítimas do deslizamento ocorrido esta madrugada em Rosas, Cauca, devido às fortes chuvas", escreveu o presidente colombiano, Iván Duque, no Twitter.

O presidente viajou para o local e anunciou ajuda aos desabrigados, cujo número não parou de aumentar ao longo do dia.

O evento, que aconteceu na madrugada deste domingo, também deixou três feridos, segundo Gañán.

Junto com as equipes de resgate, dezenas de vizinhos ajudaram durante o dia nas buscas pelos desaparecidos, que serão suspensas ao anoitecer, alertaram as autoridades.

"Uma avalanche desceu por volta das três horas da manhã e muitas pessoas morreram porque aqui havia casas, e, portanto, estamos tentando resgatá-los", disse à AFP Carlos Zambrano, um morador local, com uma pá na mão.

Perto dele, homens e mulheres visivelmente angustiados aguardavam notícias de seus parentes e conhecidos.

Segundo Gañán, o incidente fatal causado pelas fortes chuvas que atingiram Rosas e boa parte do país era uma tragédia anunciada.

"É uma área rural que está em risco. Na verdade, já havia um relatório recomendando a evacuação. Mas, desde então, as autoridades não realocaram essas pessoas", disse ele.

O evento, de magnitude incomum em um país em que deslizamentos de terra são freqüentes, também afetou uma importante estrada que liga os departamentos de Cauca e Nariño.

A Colômbia vem enfrentando a primeira estação chuvosa do ano há mais de um mês, e a Unidade Nacional de Gerenciamento de Risco de Desastres emitiu alertar para a região andina (centro), bem como para os litorais do Caribe e do Pacífico.

Entre 1 e 21 de abril, 27 pessoas morreram em deslizamentos de terra e tempestades, segundo a agência.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade