Publicidade

Estado de Minas

Cardinal Pell, alto dirigente do Vaticano, é culpado de pedofilia na Austrália


postado em 25/02/2019 22:22

O cardeal George Pell, número três do Vaticano, foi declarado culpado de crimes sexuais contra menores na Austrália, tornando-se o mais alto dignatário da Igreja católica condenado em um caso de pedofilia, anunciou uma corte australiana.

Pell, de 77 anos, foi declarado culpado em um julgamento em dezembro de ter abusado sexualmente de dois coroinhas na sacristia da Catedral de São Patrício de Melbourne nos anos 1990. Mas o tribunal de Melbourne proibia até a terça-feira que os meios de comunicação informassem sobre esta questão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade