Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Em vídeo, ex-dirigente das Farc lamenta decisão de abandonar armas em 2016


postado em 12/01/2019 21:29

O ex-líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Luciano Marin, apareceu em um vídeo divulgado neste sábado lamentando a decisão do grupo de entregar suas armas sob o acordo de paz de 2016 e acusando o governo da Colômbia de trair seus compromissos com os guerrilheiros.

O principal negociador de paz das Farc, mais conhecido pelo pseudônimo Ivan Marquez, não revela sua localização no vídeo publicado pela Agencia Bolivariana de Prensa.

Marquez não era visto desde agosto, quando demitiu os guarda-costas providenciados pelo governo e desistiu de um cargo no Congresso.

Autoridades norte-americanas investigam o ex-dirigente das Farc por suposto tráfico de drogas após o acordo de paz ter sido assinado. Fonte: Associated Press.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade