Publicidade

Estado de Minas

Premier de Israel afirma que Brasil irá transferir embaixada para Jerusalém


postado em 30/12/2018 16:39

O Brasil irá transferir sua embaixada em Israel para Jerusalém, restando apenas decidir a data, afirmou o premier de Israel, Benjamin Netanyahu, neste domingo, durante um encontro com representantes da comunidade judaica no Rio de Janeiro.

"Não é uma questão de 'se', é de 'quando', disse Netanyahu, segundo um comunicado de seu gabinete. O líder israelense afirmou que o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, garantiu, durante reunião na última sexta-feira, que executaria a transferência.

Netanyahu assinalou que o presidente americano, Donald Trump, havia cumprido sua promessa de transferir a embaixada de seu país, e que Bolsonaro "também o fará".

O tema da transferência da embaixada vem rondando a visita de Netanyahu ao Brasil, a primeira ao país de um premier israelense.

Bolsonaro disse em novembro que pretendia seguir os passos de Trump em relação à embaixada, mas depois retrocedeu, afirmando que o assunto ainda não estaria decidido.

Os produtores de carne brasileiros temem que a mudança ameace suas exportações aos países árabes, avaliadas em cerca de 1 bilhão de dólares. Estes países e os palestinos veem Jerusalém Oriental como capital de um futuro Estado palestino.

Israel afirma que Jerusalém em sua totalidade é a sua capital, e deseja que as embaixadas sejam transferidas para aquela cidade como amostra de apoio internacional.

A maioria dos países apoiam negociações entre Israel e palestinos para estabelecer o status de Jerusalém como parte de um acordo de paz mais amplo.

Bolsonaro já disse que deseja ter laços mais próximos com Estados Unidos e Israel, rompendo com décadas de políticas de centro-esquerda que buscavam posicionar o Brasil como uma potência latino-americana que nutria relações com todos os países.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade