Publicidade

Estado de Minas

Presidente do Equador diz que 'caminho está pavimentado' para que Assange deixe embaixada em Londres


postado em 06/12/2018 14:55

O presidente do Equador, Lenín Moreno, declarou nesta quinta-feira que "está pavimentado o caminho" para que o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, deixe a embaixada em Londres, onde está asilado desde 2012.

"O caminho está pavimentado para que o senhor Assange tome a decisão de sair para uma quase liberdade", declarou Moreno a repórteres, ao afirmar que o Reino Unido garantiu que o australiano não será extraditado para um país onde sua vida correr perigo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade