Publicidade

Estado de Minas

Milhares de marselheses protestam após colapso de edifícios


postado em 10/11/2018 16:50

Milhares de marselheses protestaram neste sábado na cidade do sul da França em homenagem às oito vítimas da queda de dois edifícios. Os manifestantes reivindicaram a demissão do prefeito.

Na segunda-feira, dois edifícios do centro de Marselha colapsaram, deixando oito mortos. Os moradores afirmaram que os problemas estruturais de alguns edifícios da estreita rua localizada no centro da cidade mediterrânea eram amplamente conhecidos, mas que as autoridades locais não tomaram as medidas necessárias quando foram alertadas.

Segundo a polícia cerca de 8.000 pessoas participaram da manifestação. Ao chegarem à prefeitura, manifestantes pediram aos gritos a demissão do prefeito Jean-Claude Gaudin.

"Não é uma catástrofe natural, mas sim uma catástrofe política", disse Kevin, que mora na rua onde os dois prédios desabaram.

Após o acidente, a prefeitura alegou que entre as causas do desabamento estavam as chuvas fortes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade