Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Michelle Obama escreve livro de memórias e revela que teve aborto espontâneo


postado em 09/11/2018 12:58

A ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama está lançando um livro de memórias e disse que se sentiu "perdida e sozinha" após ter um aborto espontâneo.

"Senti que fracassei porque não sabia o quão comum eram os abortos espontâneos, ninguém fala deles", disse Michelle, durante uma entrevista transmitida nesta sexta-feira, 9, no programa Good Morning America, da ABC. "Nós mulheres ficamos com nossa dor, pensando que de alguma forma estamos doentes."

Michelle, de 54 anos, disse que ela e Barack Obama passaram por tratamentos de fertilização in vitro para poderem ter as filhas Sasha e Malia, agora com 17 e 20 anos, respectivamente.

As revelações da ex-primeira-dama foram feitas dias antes do lançamento da sua autobiografia, "Becoming", em que escreve abertamente sobre vários momentos de sua vida, desde crescer em Chicago até ser vítima de racismo já como figura pública, e depois se tornando a primeira negra a ser primeira-dama dos Estados Unidos.

A Associated Press conseguiu uma cópia antecipada de "Becoming", um dos livros políticos mais aguardados recentemente. Nele, Michelle expressa indignação contra o atual presidente dos EUA, Donald Trump, e descreve ter ficado espantada quando foi informada de que seu marido seria substituído pelo republicano.

Na obra, Michelle faz poucos comentários sobre seus anos na Casa Branca.

Memórias escritas por ex-primeiras-damas, incluindo Hillary Clinton e Laura Bush, geralmente são um sucesso de vendas nos EUA. Fonte: Associated Press

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade