Publicidade

Estado de Minas

Israel apresenta projeto da ferrovia 'via da paz regional' em Omã


postado em 07/11/2018 17:25

O ministro israelense de Transportes apresentou nesta quarta-feira, em Mascate, um projeto de ferrovia que una seu país e o Mediterrâneo com os países do Golfo - um novo sinal da ofensiva de Israel para cortejar esta região.

A participação de Yisrael Katz durante uma conferência da União Internacional dos Transportes Rodoviários (IRU), que teve início nesta terça-feira em Omã, se inscreve na ofensiva israelense de seduzir os países árabes. Israel mantém relações diplomáticas apenas com dois países árabes, Egito e Jordânia, com os quais assinou tratados de paz.

A ferrovia, chamada de "via da paz regional", partiria de Haifa, o mais importante porto de Israel e passaria pela Jordânia antes de se conectar com duas linhas existentes até o Golfo, segundo o ministro.

"É lógico" e vai "além das diferenças ideológicas e políticas", disse nesta quarta-feira Katz em referência a este projeto. Segundo ele, esta iniciativa "se baseia em duas ideias: Israel [seria] uma ponte, e a Jordânia, um núcleo regional de transporte".

Este projeto "apoiado pelo governo americano" beneficiaria a Arábia Saudita, seus vizinhos do Golfo e a economia palestina, acrescentou.

"Permitirá criar uma rota comercial adicional na região mais curta, mais rápida e mais barata, que beneficiaria as economias da Jordânia, dos palestinos - que também teriam conexão - de Israel, da Arábia Saudita, dos países do Golfo e do Iraque futuro", afirmou Katz segundo transcrição de declarações enviada por seu gabinete à AFP.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade