Publicidade

Estado de Minas

Bisavó de 106 anos recebe cidadania americana no dia das eleições


postado em 07/11/2018 09:41

Uma bisavó de 106 anos de idade, nascida em El Salvador, tornou-se cidadã americana na terça-feira, quando os Estados Unidos realizavam eleições legislativas, nas quais a imigração na América Central era uma questão importante.

Maria Valles Bonilla acenou uma pequena bandeira americana em uma cerimônia em Washington, com a mão em seu coração enquanto prometia fidelidade aos Estados Unidos, cercada pela família, incluindo seus bisnetos.

Ela foi entrevistada antecipadamente por agentes dos Serviços de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos, que determinaram que ela reunia todas as condições necessárias para se naturalizar como cidadã americana, disse um porta-voz.

Durante sua entrevista, Valles Bonilla disse que seu falecido marido tinha o sonho de se tornar americano e, assim, preencheu a papelada e completou o processo em sua homenagem.

O presidente Donald Trump lidera uma campanha contra a imigração ilegal, concentrando seus ataques principalmente na caravana de milhares de imigrantes que caminham a pé em direção aos Estados Unidos, na esperança de obter asilo.

Muitos membros da caravana procedem de El Salvador, fugindo da violência e da pobreza.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade