Publicidade

Estado de Minas

Presidente de petroleira estatal do Catar é nomeado ministro da Energia


postado em 04/11/2018 17:36

O presidente da petroleira estatal do Catar, Saad al-Kaabi, foi nomeado neste domingo ministro da Energia, na primeira mudança ministerial desde a explosão da crise diplomática com os vizinhos do país, em 2017, anunciou a agência de notícias estatal QNA.

O novo ministro havia anunciado recentemente que o Catar, maior exportador mundial de gás natural liquefeito, preparava-se para aumentar suas vendas deste combustível.

Também foi anunciada a nomeação de Yusef al-Othman Fakhro como ministro do Trabalho, em substituição a Issa al-Nuaimi, que havia levado adiante uma série de reformas, como a criação do salário mínimo.

Enquanto se aproxima a Copa do Mundo de 2022, que terá como sede o Catar, o emirado continua sendo alvo de críticas pelo tratamento que dispensa aos trabalhadores estrangeiros, base da mão de obra da infraestrutura da competição.

Esta é a primeira mudança de ministros desde que, em junho de 2017, explodiu a crise no Golfo, quando Arábia Saudita, Emirados Árabes, Barein e Egito romperam relações com o Catar e decretaram um bloqueio ao país, acusando o mesmo de financiar o terrorismo, o que o emirado nega.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade