Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Rússia e Cuba prometem ampliar laços 'estratégicos'


postado em 02/11/2018 19:41

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente de Cuba, Miguel Díaz Canel, prometeram nesta sexta-feira ampliar os "laços estratégicos" entre os dois países e pediram que os Estados Unidos retirem o embargo contra a ilha cubana. Em um comunicado emitido depois do encontro, os dois líderes denunciaram a "interferência em assuntos internos das duas nações soberanas" e falaram em apoiar uma maior integração entre a Rússia e os países da América Latina.

Díaz Canel, que assumiu o papel de presidente ao substituir Raúl Castro em abril, exaltou as relações "fraternais" com os russos. Depois das conversas no Kremlin, Putin e Díaz Canel prometeram ampliar os laços políticos, econômicos e militares entre Rússia e Cuba.

O ministro de Defesa de Cuba, Leopoldo Cintra Frias, visitará Moscou no fim deste mês para abordar planos específicos para a cooperação técnico-militar entre as duas nações. O vice-ministro de Finanças russo, Sergei Storchak, afirmou que Moscou poderá oferecer a Cuba um empréstimo de US$ 43 milhões para ajudar a financiar a modernização militar do país americano. Fonte: Associated Press.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade