Publicidade

Estado de Minas

Cancelam evento em sinagoga de Nova York após pichações antissemitas


postado em 02/11/2018 13:25

Um dia pré-eleitoral organizado pela atriz americana Ilana Glazer em uma sinagoga no Brooklyn, Nova York, foi cancelado na quinta-feira à noite depois que a polícia encontrou várias pichações antissemitas no prédio.

A polícia de Nova York confirmou nesta sexta-feira que recebeu uma chamada de emergência na noite anterior para relatar várias pichações na sinagoga de Union Temple, perto do Prospect Park, cinco dias após o assassinato de 11 pessoas em uma sinagoga em Pittsburgh, no ataque antissemita mais letal dos Estados Unidos.

O suspeito do massacre, Robert Bowers, disse antes de sua prisão que queria "matar judeus". Ele também publicou várias mensagens antissemitas nas redes sociais.

A polícia não confirmou o conteúdo das pichações no Brooklyn, simplesmente afirmando que uma investigação foi aberta, o que até agora não resultou em nenhuma prisão.

Um dos escritos dizia "matar todos os judeus", segundo o New York Post.

Ilana Glazer, mais conhecida por seu papel na série "Broad City", devia entrevistar candidatos para cargos locais, a fim de aumentar a participação nas eleições legislativas de meio mandato, a serem realizadas na terça-feira.

A atriz de 31 anos anunciou o cancelamento do evento, que devia começar logo após a descoberta das pichações.

"Ela não se sentiu confortável com a ideia de deixar 200 pessoas em um espaço fechado", disse Kathryn Gonzalez, que havia comprado ingressos para assistir ao evento em sua página no Facebook.

Incidentes antissemitas nos Estados Unidos, particularmente em Nova York, que tem mais de 1 milhão de judeus, aumentaram consideravelmente desde 2016.

Em fevereiro passado, a Liga Antidifamação, uma organização que combate o antissemitismo e a discriminação, publicou um relatório indicando um aumento de 57% dos incidentes antissemitas nos Estados Unidos em 2017, o maior crescimento anual desde os anos setenta.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade