Publicidade

Estado de Minas

Americano é executado em cadeira elétrica no Tennessee


postado em 02/11/2018 00:11

Um homem do Tennessee condenado por dois assassinatos foi executado nesta quinta-feira na cadeira elétrica nos Estados Unidos, após insistir neste método antigo em detrimento da injeção letal.

Edmund Zagorski, 63 anos, foi o primeiro condenado nos EUA a morrer eletrocutado nos últimos cinco anos.

Zagorski foi condenado à morte pelo assassinato em 1983 de dois homens que atraiu para um bosque sob a promessa de vender maconha.

Os corpos foram encontrados duas semanas depois, baleados e degolados.

A apelação à Suprema Corte para a suspensão da execução foi negada.

Apenas nove estados americanos seguem usando a cadeira elétrica e no Tennessee o método foi abolido em 2007.

O departamento Correcional do estado informou que a execução ocorreu "de acordo com as leis" do Tennessee. Zagorski foi declarado morto às 19H26 (21H26 Brasília).

No Tennessee, as pessoas condenadas à morte antes de 1999 têm o direito de escolher entre a cadeira elétrica e a injeção letal.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade