Publicidade

Estado de Minas

China convida Conselho de Segurança da ONU para mostrar papel na manutenção da paz


postado em 01/11/2018 19:16

A China convidou o Conselho de Segurança das Nações Unidas para uma visita neste mês a fim de mostrar seu crescente apoio à manutenção da paz, incluindo uma visita às cidades modernas de Shenzhen e Guangzhou, informou seu embaixador na ONU nesta quinta-feira (1).

A visita destacará o papel da China como um ator global no momento em que os Estados Unidos estão se retirando de instituições multilaterais, como as Nações Unidas.

Como parte de sua liderança como presidente do Conselho de Segurança em novembro, a China também planeja um debate sobre o fortalecimento do multilateralismo e do papel da ONU.

A viagem do Conselho à Pequim e ao sul da China marca uma virada das visitas habituais às zonas de conflito. O embaixador da China na ONU, Ma Zhaoxu, chamou a viagem de "um evento paralelo", ao invés de uma visita formal.

Depois dos Estados Unidos, a China é o segundo maior contribuinte financeiro para o orçamento de manutenção da paz, mas é o maior contribuinte de tropas para os cinco membros permanentes do conselho.

Cerca de 2.500 pacificadores chineses realizam missões complexas no Sudão do Sul, no Mali, na região sudanesa de Darfur e na República Democrática do Congo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade