Publicidade

Estado de Minas

França inicia pesquisa nacional sobre bebês com malformações nos braços


postado em 31/10/2018 15:45

A França lançou uma pesquisa nacional sobre os casos de bebês nascidos sem mãos, braços ou antebraços, após a identificação de vários casos deste tipo desde o ano 2000.

A pesquisa tentará determinar o motivo pelo qual nasceram bebês sem mãos ou braços na França.

Depois da descoberta de novos casos, uma pesquisa em toda França está sendo feita, e a ministra da Saúde, Agnès Buzyn, assegurou nesta quarta-feira (30) não querer "descartar nenhuma pista".

"Possivelmente é uma pista ambiental", ligada ao que as mulheres "comeram" quando estavam grávidas, ou "talvez o que respiraram", assegurou a ministra nesta quarta de manhã em declarações à televisão BFMTV e à rádio RMC.

"Quero saber, acho que o país todo quer saber", acrescentou Buzyn.

Pouco antes, François Bourdillon, diretor-geral de Saúde Pública anunciou que havia sido lançada uma pesquisa em todo o país sobre esses casos.

Os resultados da pesquisa na França serão revelados "mais ou menos em três meses", afirmou o diretor da agência de saúde à rádio RTL.

"Nada será escondido", prometeu.

A pesquisa se centrou inicialmente no departamento de Ain, onde foram identificados 11 novos casos suspeitos de crianças nascidas entre 2000 e 2014 com malformação dos membros superiores. Isso eleva a 18 o número total de casos neste departamento.

Essas revelações geram questionamentos tanto sobre a magnitude do fenômeno como sobre as suas causas.

Segundo responsáveis ecologistas, os pesticidas poderiam originar malformações, embora não haja provas científicas disso.

"Começamos pelo departamento de Ain (...) e cobriremos o conjunto do território" francês, explicou François Bourdillon.

Outros dois grupos de bebês com malformações foram observados no departamento de Loire-Atlantique (três entre 2007 e 2008) e na Bretanha (quatro casos entre 2011 e 2013).

As causas podem ser genéticas ou provocadas por substâncias tóxicas. Entre 1957 e 1962, acredita-se que a talidomida, medicamento usado para enjoo, havia provocado o nascimento de bebês sem braço.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade