Publicidade

Estado de Minas

Alta do petróleo e desvalorizações afetam companhias aéreas na América Latina


postado em 30/10/2018 22:11

O setor aéreo da América Latina enfrenta dificuldades devido ao aumento do preço do petróleo e à desvalorização das moedas no Brasil e na Argentina, alertou nesta terça-feira o diretor-executivo da companhia aérea panamenha COPA, Pedro Heilbron.

Os preços dos combustíveis subiram como não se via há anos, o que aumenta o custo das operações aéreas, disse Heilbron a repórteres durante um fórum do setor aéreo da América Latina, realizado no Panamá.

Além disso, "tivemos fraqueza em certas economias da América Latina e a desvalorização das moedas, especialmente no Brasil e na Argentina".

Essas circunstâncias causaram um declínio "muito significativo" nas receitas nesses países, o que afeta todas as empresas e tornou este ano "muito difícil para as companhias aéreas que voam nesta região, não apenas para a COPA", acrescentou.

Tudo isso forçou a COPA a reduzir frequências de voos para alguns destinos, embora não tenha cancelado rotas, disse o diretor da empresa panamenha.

A situação "afetará significativamente o desempenho do resto do ano", previu Heilbron.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade