Publicidade

Estado de Minas

Turquia: termina a retirada de armas de zona desmilitarizada na Síria


postado em 10/10/2018 11:54

A retirada das armas pesadas da futura zona desmilitarizada de Idlib, último reduto rebelde na Síria, foi concluída nesta quarta-feira, anunciou o ministério da Defesa turco.

"A Turquia, como país patrocinador, cumpriu suas responsabilidades", assegura o comunicado.

Esta retirada é produto do acordo assinado no mês passado entre a Rússia, país aliado do regime de Damasco, e Turquia, que apoia alguns grupos rebeldes, dois países que cooperam estreitamente para pôr fim à guerra que devasta a Síria desde 2011, deixando mais de 360.000 mortos.

Seu acordo sobre Idlib, anunciado em 17 de setembro, prevê a instauração de uma zona 'tampão' de 15 a 20 km de largura, para separar os territórios rebeldes dos setores vizinhos controlados pelo regime sírio.

Segundo este acordo, as facções tinha até esta quarta-feira para retirar seu armamento pesado desta zona.

Esse acordo também permitiu adiar uma ofensiva do regime sírio contra este último reduto dos rebeldes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade