Publicidade

Estado de Minas

Comunicado do Business Wire :Tilray, Inc.


postado em 09/10/2018 12:42

Tilray, Inc. (NASDAQ: TLRY), líder global em pesquisa e produção de cannabis, anunciou hoje que concluiu a aquisição da sua já parceira de importação e distribuição, a Alef Biotechnology SpA ("Alef"). A aquisição permitirá que a Tilray importe, produza e distribua produtos de cannabis medicinal da marca Tilray no Chile e crie um hub para distribuir os produtos da Tilray em toda a América Latina.

A Tilray comprou todo o patrimônio da Alef por aproximadamente C$ 5.000,000 (dólares canadenses). A compra foi compreendida por aproximadamente C$ 250.000 em dinheiro pagos no fechamento e C$ 4.750.000 em ações ordinárias Classe 2 da Tilray, sujeita a um ajuste de capital de giro padrão e de a Alef atingir certos marcos de negócios dentro de um período de doze meses após o fechamento.

"O anúncio de hoje marca mais uma conquista para a Tilray, à medida que expandimos nossa presença global e solidificamos nossa presença na América Latina, dando as boas-vindas oficialmente à Alef na equipe da Tilray", disse o presidente e diretor executivo da Tilray, Brendan Kennedy. "O governo chileno tem sido pioneiro na legitimação e regulamentação da cannabis medicinal na América Latina, e estamos entusiasmados em investir em um dos mercados mais interessantes da região para o desenvolvimento biofarmacêutico."

A Tilray anunciou anteriormente, uma parceria com a Alef em fevereiro de 2017 para importar e distribuir produtos da Tilray no Chile e no Brasil. A Alef é licenciada atualmente pelo governo chileno para produzir comercialmente cannabis medicinal e está desenvolvendo uma instalação de última geração para produzir e processar internamente produtos médicos de cannabis. A lei chilena permite que os pacientes acessem produtos de cannabis medicinal sob a supervisão de um médico que passe a prescrição.

Como parte da aquisição, a Tilray manterá Alan Nudman como diretor executivo e Ariel Nudman como diretor de vendas, atuais funcionários da Alef. Alan e Ariel supervisionarão o crescimento estratégico da Alef Biotechnology sob a liderança global da Tilray.

"O acordo com a Tilray é um momento incrivelmente emocionante para a Alef e toda a comunidade médica de cannabis na América Latina", afirmou Alan Nudman, CEO da Alef. "A Alef foi, em parceria com a Tilray, a primeira empresa a oferecer produtos médicos de cannabis através de farmácias em qualquer lugar nas Américas, e estamos ansiosos para aumentar, por meio dessa aquisição, o acesso de pacientes em toda a América Latina."

Sobre a Tilray® A Tilray é pioneira global na pesquisa, cultivo, produção e distribuição de cannabis medicinal e canabinoides que atendem atualmente a dezenas de milhares de pacientes em doze países, abrangendo cinco continentes.

Sobre a Alef Biotechnology A Alef Biotechnology é licenciada pelo governo chileno para produzir comercialmente cannabis medicinal. A empresa está focada na pesquisa e desenvolvimento de cannabis medicinal para o tratamento de vários estados clínicos. Sua finalidade é aumentar a qualidade de vida de pessoas que sofrem, trazendo dignidade através do desenvolvimento de drogas inovadoras e novos sistemas de fornecimento do medicamento para o mercado.

Nota de advertência sobre declarações prospectivas

Este comunicado à imprensa contém "declarações prospectivas", que podem ser identificadas pelo uso de palavras como "pode", "seria", "poderia", "iria", "provavelmente", "esperaria", "anteciparia", "acreditar", "pretender", "planejar", "prever", "projetar", "estimar", "perspectiva" e outras expressões similares, incluindo declarações relacionadas à capacidade da Tilray de importar, produzir e distribuir produtos com a marca da Tilray no Chile e em toda a América Latina. Declarações prospectivas não são garantia de desempenho futuro e são baseadas em uma série de estimativas e suposições da administração à luz da experiência da administração e percepção de tendências, condições atuais e desenvolvimentos esperados, bem como outros fatores que a administração acredita serem relevantes e razoáveis nas circunstâncias, incluindo hipóteses a respeito das condições de mercado atuais e futuras. Os resultados, desempenho ou realizações reais podem diferir materialmente daqueles expressos ou implícitos em quaisquer previsões futuras contidas neste comunicado à imprensa e, portanto, você não deve depositar confiança indevida em tais declarações prospectivas, e elas não são garantia de resultados futuros. Declarações prospectivas envolvem riscos, suposições, incertezas e outros fatores significativos que podem causar resultados futuros reais ou eventos previstos que diferem materialmente daqueles expressos ou implícitos em quaisquer declarações prospectivas. Consulte o título "Fatores de Risco" no Relatório Trimestral da Tilray no Formulário 10-Q para o trimestre encerrado no dia 30 de junho de 2018 e os riscos discutidos nos outros documentos protocolados junto à Comissão de Valores Mobiliários para obter informações referentes a um debate sobre fatores de risco relevantes que poderiam fazer com que os resultados reais divirjam materialmente das informações prospectivas. A Tilray não se compromete a atualizar quaisquer declarações prospectivas incluídas neste documento, exceto de acordo com as leis de valores mobiliários aplicáveis.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20181009005861/pt/

Meios de comunicação: Tilray Chrissy Roebuck,+1-416-560-5712 chrissy.roebuck@tilray.com ou Investidores: ICR Katie Turner, +1-646-277-1228 Katie.turner@icrinc.com

© 2018 Business Wire, Inc. Aviso: Este documento não é de autoria da AFP e a AFP não pode se responsabilizar por seu conteúdo. Para esclarecer qualquer dúvida sobre o conteúdo, por favor, contate as pessoas/empresas indicadas neste comunicado de imprensa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade