Publicidade

Estado de Minas

Caçadores de nazistas Serge e Beate Klarsfeld condecorados na França


postado em 09/10/2018 01:54

Os caçadores de nazistas mais famosos da França, Serge Klarsfeld e sua mulher, Beate, receberam nesta segunda-feira, em Paris, duas das condecorações de maior prestígio no país, em cerimônia liderada pelo presidente Emmanuel Macron.

O presidente concedeu a Serge Klarsfeld, 83 anos, a Grã-cruz da Legião de Honra, a máxima condecoração da França.

Beate, 79 anos, que já havia obtido a Legião de Honra em 2014, no grau de Grande Oficial, recebeu a Ordem Nacional do Mérito, outra condecoração.

Serge, nascido em 17 de setembro de 1935 em Bucareste, escapou por milagre da Gestapo em 1943 em Nice, no sul da França, onde seus pais estavam refugiados.

Após obter a nacionalidade francesa, em 1950, estudou história e ciências políticas em Paris e em 1963 se casou com Beate Kunzel, jovem alemã protestante que se negava a esquecer os responsáveis pelo Holocausto.

Durante mais de meio século, Serge Klarsfeld fez campanha com Beate para que o Holocausto fosse reconhecido e para levar os criminosos nazistas e seus cúmplices franceses à Justiça.

O casal localizou a maioria dos chefes da polícia nazista na França, como Kurt Lischka, ex-comandante da Gestapo em Paris, e Klaus Barbie, oficial da polícia secreta alemã conhecido como o "carniceiro de Lyon".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade