Publicidade

Estado de Minas

Referendo favorável à proibição do matrimônio gay é invalidado na Romênia


postado em 08/10/2018 08:12

O "sim" para proibir o matrimônio homossexual obteve mais de 90% dos votos no controverso referendo organizado neste final de semana na Romênia, que, no entanto, foi invalidado devido a uma abstenção recorde, indicou nesta segunda-feira a campanha eleitoral.

Um pouco mais de 3,4 milhões de pessoas - cerca de 91,6% dos 3,7 milhões de pessoas que compareceram às urnas - votaram a favor de uma emenda à Constituição dizendo que somente "um homem e uma mulher" podem se casar, e não os "esposos" como aparece atualmente.

Quase 242.000 pessoas (6,4%) votaram contra esta modificação, e o restante dos votos foram anulados, segundo os primeiros resultados, com 98% dos colégios eleitorais apurados.

Entretanto os romenos rejeitaram no domingo mudar a Constituição com a proibição do matrimônio gay por meio de uma alta abstenção no referendo apoiado pelo governo de esquerda, que sofro um forte revés.

Somente cerca de 20% de eleitores votaram na consulta. Para que o referendo fosse válido era necessário chegar a 30% de participação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade