Publicidade

Estado de Minas

'Contra-cúpula' do G20 em Buenos Aires vai reunir Dilma, Kirchner e Podemos


postado em 07/10/2018 11:30

Duas semanas antes da cúpula do G20 com o americano Donald Trump e outros chefes de Estado de grandes potências, ocorrerá uma reunião alternativa em Buenos Aires, disse neste sábado à AFP um fonte próxima a Cristina Kirchner.

Foram convidadas ao encontro duas ex-presidentes, Dilma Rousseff e a argentina Kirchner, além do líder do partido espanhol Podemos, Pablo Iglesias, e do vice-presidente boliviano, Álvaro García Linera.

A reunião acontecerá de 19 a 23 de novembro na capital argentina. Também participarão o ex-presidente colombiano Ernesto Samper e o fundador da revista Le Monde Diplomatique, Ignacio Ramonet.

A cúpula oposta a dos mandatários do G20 reunirá, também, o ex-prefeito da Cidade do México Cuauhtémoc Cárdenas e um bispo próximo do papa Francisco, Marcelo Sánchez Sorondo, entre outros oradores.

O organizador formal é o Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO). O encontro foi chamado de Primeiro Fórum Mundial do Pensamento Crítico e pretende promover a palavra de "líderes internacionais que representam e expressam os ideais de luta por sociedades mais justas e igualitárias".

A cúpula do G20 acontecerá em Buenos Aires na sexta-feira 30 de novembro e no sábado 1 de dezembro, em um país abalado por uma crise econômica.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade