Publicidade

Estado de Minas

Embaixador da UE no Iraque é intoxicado por água contaminada em Basra


postado em 04/10/2018 20:12

O embaixador da União Europeia (UE) no Iraque, Ramón Blecua, ficou doente por conta da contaminação da água em Basra, um problema que causou milhares de internações e foi alvo de violentas manifestações, anunciou o diplomata nesta quinta-feira (4).

Desde meados de agosto, a população de Basra (sul) enfrenta uma escassez de água potável. A que é distribuída pelas autoridades, contaminada pela água do mar, é salgada, e provocou a internação de 90.000 pessoas, vítimas de intoxicações, segundo a Alta Comissão iraquiana para os Direitos Humanos.

Ramón Blecua, que estava visitando Basra, também ficou doente, indicou no Twitter.

"Fiquei doente esta manhã e tive que cancelar várias reuniões. O médico da Unicef diagnosticou que a causa procedia da contaminação da água", assinalou Blecua.

"Não pretendia levar a minha solidariedade com o povo de Basra tão longe, mas agora entendo como se sentem", acrescentou.

No início de setembro, a cidade petroleira foi palco de violentas manifestações contra a corrupção dos dirigentes políticos e o mau estado dos serviços públicos, que deixaram 12 mortos.

Os protestos derivaram no incêndio da sede do governo, do consulado do Irã e da maioria das sedes de grupos armados e partidos políticos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade