Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Reino Unido acusa Rússia de empreender guerra cibernética contra o Ocidente


postado em 04/10/2018 09:11

O governo do Reino Unido engrossou o tom das acusações contra o serviço de inteligência militar da Rússia, dizendo que o órgão dirigiu uma série de invasões digitais de alto escalão, incluindo o vazamento em 2016 de e-mails do Comitê Nacional Democrata, nos Estados Unidos, e de resultados de testes antidoping de atletas americanos e de outros países.

O Escritório Britânico de Relações Exteriores argumentou que a unidade de inteligência militar de Moscou, a GRU, seria culpada de ataques cibernéticos "indiscriminados e inconsequentes" ao longo dos últimos três anos que tiveram como alvo uma série de instituições políticas e de mídia.

O comunicado sucede uma série deterioração das relações de Downing Street, sede do governo britânico, com o Kremlin, após a suspeita de que um ataque com uma substância neurotóxica ao ex-agente da GRU Sergei Skripal e sua filha, Yulia, na cidade inglesa de Salisbury, teria sido orquestrado por autoridades russas. (Dow Jones Newswires)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade