Publicidade

Estado de Minas

Inteligência militar russa despreza valores globais, afirmam Londres e Haia


postado em 04/10/2018 08:48

Os governos da Grã-Bretanha e da Holanda acusaram nesta quinta-feira a inteligência militar russa (GRU) de desprezar os valores globais, após tentativas de ciberataques contra instituições em todo o mundo, incluindo a Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ), com sede em Haia.

"Esta tentativa de acessar o sistema de uma organização internacional que trabalha para livrar o mundo das armas químicas demonstra o desprezo da GRU pelos valores globais e regras internacionais que garantem nossa segurança", afirma um comunicado conjunto da primeira-ministra britânica Theresa May e seu colega holandês Mark Rutte.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade