Publicidade

Estado de Minas

CIDH denuncia abusos contra menores presos nos EUA


postado em 02/10/2018 20:54

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) denunciou nesta terça-feira os abusos sofridos por jovens detidos em prisões para adultos nos Estados Unidos, em sua maioria negros e latinos.

O estudo, motivado por uma série de denúncias, assinala que "os menores são detidos em prisões para adultos e submetidos de maneira sistemática a várias formas de castigo, incluindo surras diárias".

Os abusos também incluem violência sexual.

"Os jovens que se encontram em estabelecimentos para adultos são cinco vezes mais propensos a sofrer abuso sexual em comparação aos que estão em instalações juvenis", assinalam os especialistas.

A CIDH destaca ainda que há informação de que 83% dos adolescentes processados em tribunais para adultos pertencem a determinados grupos raciais ou étnicos, sendo 62% afro-americanos e 19% de origem latina.

"As estatísticas mostram que os jovens de certos grupos raciais ou étnicos têm maior probabilidade de ser enviados a centros penitenciários para adultos, e por períodos mais longos, inclusive quando são acusados pelo mesmo crime".

A Comissão assinala que, apesar de os Estados Unidos terem um papel importante no desenvolvimento de uma justiça especializada para os jovens, as leis dos distintos estados minam estes direitos.

"Como resultado de leis estaduais que permitem que jovens em conflito com a lei sejam julgados como adultos, se estima que 200 mil meninos e adolescentes sejam julgados anualmente em tribunais para adultos".

O documento cita um poema escrito por um menor detido e condenado pelo sistema penal para adultos.

"São tratados como animais, são enganados e abusados. Seus talentos e habilidades ficam vergonhosamente limitados por guardas sádicos, que são apoiados por seus superiores, que os incentivam", escreveu um dos menores.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade