Publicidade

Estado de Minas

Comunicado do Business Wire :dClinic


postado em 10/09/2018 10:12

"Os blockchains atuais não são blockchains especializados na assistência médica. Eles não são feitos para lidar com dados clínicos fractais, nem passam pelo escrutínio dos protocolos mundiais de segurança para dados clínicos. As tentativas de criar um registro pessoal e centralizado de saúde digital fracassaram principalmente porque, fundamentalmente, os dados de saúde precisam estar disponíveis, apesar das diferenças geográficas e de regulamentação nacional e internacional, a fim de fornecer serviços de saúde adequados aos consumidores." - Dr. Richard Satur (CEO)

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20180910005282/pt/

Dr Richard Satur (CEO - dClinic)(Photo: Business Wire)

@dClinic_io;

-- São ativos (instalações) do mundo real a nível global, operados por parceiros da dClinic focados em assistência médica, bem-estar e vitalidade,

-- É uma plataforma de cuidados de saúde que coloca o paciente no centro do atendimento, utilizando o planejamento de assistência compartilhada,

-- É uma plataforma que promove que as equipes de atendimento interajam com os pacientes para proporcionar resultados positivos no setor de saúde, por meio do acesso consentido ao Registro Longitudinal de Saúde Eletrônica (LEHR) em tempo real do paciente,

-- Recompensa os consumidores e prestadores de cuidados pela participação e adesão aos seus planos de cuidados compartilhados, e

-- Promove a interoperabilidade para enriquecer o LEHR do paciente.

O PHB da dClinic é:

-- Um blockchain que permite a consumidores e prestadores de cuidados minerar suas valiosas moedas de assistência médica. Na verdade, o objetivo será um blockchain de saúde sem custo para os provedores de saúde, que cumpram com o processo KYC (Conheça seu Cliente), para se unir e minerar,

-- Onde os desenvolvedores de aplicativos podem criar seus apps e moedas de assistência médica. Consumidores e prestadores de cuidados podem usar esses apps de forma segura, sabendo que seus dados confidenciais de assistência médica são corretos, protegidos e, o mais importante, interoperáveis,

-- Capaz de lidar com dados clínicos altamente fractais de um modo que esteja baseado em padrões, permitindo que sistemas externos entendam os dados da mesma forma todas as vezes, e

-- Gerenciado cooperativamente entre consumidores e prestadores de cuidados, para que seus dados possam ser utilizados para recompensar o paciente e todos os membros da equipe de assistência médica, ajudando a gerar resultados de saúde que, caso contrário, seriam muito difíceis de alcançar se seus dados existissem em silos diferentes.

O primeiro cliente de assistência médica do Blockchain especializado na Saúde Pública (PHB) da dClinic é a #dClinic. As dClinic Health Coins (DHC, "moedas de assistência médica") serão extraídas no PHB e promovidas a todas as instalações, pacientes e prestadores de cuidados. A dClinic vai lançar APIs em breve, permitindo que outros desenvolvedores de aplicativos usem esse blockchain criado especificamente para a área da saúde. O PHB atenderá aos padrões mundiais de dados clínicos e de assistência médica. Bem-vindo à revolução do blockchain na saúde!

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20180910005282/pt/

dClinic (www.dClinic.io) Dr. Richard Satur (CEO) Richard.Satur@dClinic.io

© 2018 Business Wire, Inc. Aviso: Este documento não é de autoria da AFP e a AFP não pode se responsabilizar por seu conteúdo. Para esclarecer qualquer dúvida sobre o conteúdo, por favor, contate as pessoas/empresas indicadas neste comunicado de imprensa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade