Publicidade

Estado de Minas

Véronique de Viguerie ganha o prêmio Visa d'or News de fotojornalismo


postado em 08/09/2018 19:42

A fotógrafa francesa Véronique de Viguerie recebeu neste sábado o prêmio Visa d'or News, o mais prestigioso do Festival Internacional de Fotojornalismo "Visa pour l'image" de Perpignan (sul da França), por sua cobertura da guerra no Iêmen.

Trata-se da primeira mulher a ganhar o prêmio Visa d'or Paris Match News em 20 anos e a quinta desde a primeira edição, em 1989, deste festival, apresentado como o mais importante de fotojornalismo no mundo.

As outras mulheres que receberam o prêmio foram as francesas Nadia Benchallal, em 1994, e Alexandra Boulat, em 1998, a americana Carol Guzy, em 1995, e a sul-coreana Yunghi Kim, em 1997.

Os outros finalistas eram Khalil Hamra, da agência Associated Press, de pais palestinos, que apresentou seu trabalho "Por que Gaza?", o italiano Emanuelle Satolli, do Times, que também foi finalista em 2017 nesta mesma categoria, com seu trabalho "Gaza Border Killings", e Daniele Volpe, nascido na Itália, que apresentou "Guatemala, o vulcão de fogo".

Véronique de Viguerie, de 40 anos, que se apresenta em sua conta de Twitter como "fotojornalista de guerra, mãe de dois meninos, loura mas não estúpida", trabalhou no Afeganistão durante três anos. Lá sobressaiu com uma reportagem, que então foi polêmica, sobre o comando talibã que matou em 18 de agosto de 2008 10 soldados franceses.

Na edição de 2017 o prêmio foi para o belga Laurent Van der Stockt por sua cobertura da batalha de Mossul (Iraque) para o jornal francês Le Monde.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade