Publicidade

Estado de Minas

Academia desiste de Oscar para Melhor Filme Popular


postado em 06/09/2018 21:06

A Academia de Cinema dos Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira (6) que a categoria criada para premiar com um Oscar o Melhor Filme Popular não será introduzida na edição do ano que vem, após severas críticas da indústria.

"Houve uma ampla gama de reações à introdução de um novo prêmio e reconhecemos a necessidade de mais discussões com nossos membros", disse a diretora executiva da Academia, Dawn Hudson, citada em um comunicado.

"Fizemos alterações no Oscar ao longo dos anos, incluindo este ano, e continuaremos evoluindo, enquanto respeitamos o incrível legado dos últimos 90 anos".

O recuo chega quase um mês depois do anúncio desta nova categoria para premiar os filmes mais populares entre o público como forma de responder às críticas frequentes de elitismo na entrega do prêmio mais importante do cinema, que desde meados da década de 2000 vai para produções com relativo sucesso nas salas de cinema.

A Academia não especificou os critérios de elegibilidade para esta categoria, que chamou provisoriamente de "Realização Extraordinária como Filme Popular" e que recebeu forte rejeição, principalmente entre os críticos de cinema e a mídia especializada.

A organização indicou nesta quinta-feira que manterá - como havia anunciado - a medida de encurtar sua cerimônia anual, prevista para 24 de fevereiro de 2019, para três horas.

Para conseguir isso, de seis a oito das 24 categorias serão entregues durante os intervalos publicitários e o público poderá ver esses prêmios em um pequeno vídeo editado que será passado quando a transmissão for retomada.

A 90ª edição do Oscar, em 4 de março deste ano, durou 3 horas e 54 minutos, não muito longe do recorde estabelecido em 2002, com 4 horas e 20 minutos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade