Publicidade

Estado de Minas

Oposição convoca greve de 24 horas nesta sexta na Nicarágua


postado em 06/09/2018 14:24

A opositora Aliança Cívica da Nicarágua convocou nesta quinta-feira uma greve de 24 horas nesta quinta-feira para pressionar pela libertação de centenas de "presos políticos" e exigir a retomada do diálogo com o governo de Daniel Ortega, em meio a uma crise política que deixou 320 mortos desde abril.

"Convocamos uma greve nacional a partir das zero horas de sexta-feira, 7 de setembro" para demandar "a libertação dos presos políticos", anunciou nesta quinta-feira em um comunicado a Aliança Cívica pela Justiça e Democracia, integrada por estudantes, empresários e grupos da sociedade civil.

Os opositores convocaram a população a "se somar a este esforço nacional de suas casas, excetuando aquelas atividades relacionadas com a preservação da vida e a cobertura de serviços básicos para a população".

"A Nicarágua necessita uma saída pacífica urgente através do diálogo. Precisamos viver com segurança, sem sequestros, sem presos políticos, sem perseguição e sem estigmatização por pensar diferente", apontaram.

Este é o terceira greve convocada pela Aliança desde que iniciaram em 18 de abril os protestos contra o governo de Ortega, que foram reprimidas com violência e deixaram mais de 320 mortos e 2.000 feridos.

Pelo menos 300 nicaraguenses estariam sendo processados por sua participação nas protestas, dos quais 85 foram acusados de "terrorismo", denunciou o Alto Comissariado dos Direitos Humanos da ONU em um informe publicado na semana passada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade