Publicidade

Estado de Minas

Delegação sul-coreana se reúne com Kim Jong Un na Coreia do Norte


postado em 05/09/2018 11:48

Uma delegação sul-coreana de alto nível se reuniu nesta quarta-feira em Pyongyang, capital da Coreia do Norte, com o dirigente do país Kim Jong Un, à espera de um possível encontro de cúpula entre os dois países.

Chung Eui-yong, o enviado do presidente sul-coreano Moon Jae-in que liderava a delegação de cinco membros ción de cinco membros, destacou antes da reunião o desejo de abordar as formas de "obter a desnuclearização completa e estabelecer uma paz duradoura".

"A delegação se reuniu com o presidente Kim Jong Un, entregou uma carta pessoal (do presidente sul-coreano Moon Jae-in) e trocou opiniões", afirmou um porta-voz da presidência em Seul.

O porta-voz explicou que a delegação sul-coreana retornará nesta quarta-feira a Seul, após um banquete.

No dia 12 de junho, durante a histórica reunião de cúpula entre o presidente americano, Donald Trump, e o dirigente norte-coreano, Kim Jong Un, o segundo se limitou a afirmar seu compromisso a favor de uma "desnuclearização completa da península coreana", cujas modalidades e calendário ficaram em aberto.

A promessa ficou muito distante do objetivo inicial dos Estados Unidos: uma "desnuclearização completa, verificável e irreversível".

As negociações entre Washington e Pyongyang permanecem estagnadas.

O objetivo oficial da visita da delegação sul-coreana é preparar os detalhes de uma nova reunião entre Kim Jong Un e o presidente sul-coreano Moon Jae-in, que deve acontecer ainda este mês.

Mas analistas acreditam que Chung Eui-yong apresentará também uma proposta para sair do atoleiro nas negociações para a desnuclearização.

A Guerra da Coreia terminou em 1953 com um armistício e não um tratado de paz, o que significa que Norte e Sul ainda estão tecnicamente em guerra.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade