Publicidade

Estado de Minas

'Não haverá reunião com EUA, diz chanceler iraniano


postado em 11/08/2018 09:06

O ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohamad Javad Zarif, descartou neste sábado (11) uma reunião entre Estados Unidos e Irã, depois de Washington restabelecer as sanções contra Teerã.

É a primeira vez que o Irã rejeita de maneira tão explícita a proposta de diálogo feita pelo presidente Donald Trump.

Interrogado pela conservadora agência Tasmin sobre um possível encontro com o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, à margem da próxima assembleia da ONU em setembro, Zarif afirmou: "Não, não haverá reunião".

Trump e o presidente iraniano, Hassan Rouhani, estarão presentes na assembleia.

"Sobre a recente proposta de Trump (de diálogo), nossa posição oficial foi anunciada pelo presidente e por nós. Os americanos não são honestos e seu vício em sanções não permite qualquer forma de negociação", disse o ministro à agência de notícias.

Os Estados Unidos restabeleceram as sanções contra o Irã na terça-feira, depois de terem se retirado, em maio passado, do acordo sobre o programa nuclear iraniano, concluído em 2015 entre Teerã e as grandes potências.

Zarif se reuniu várias vezes com o então secretário de Estado americano, John Kerry, durante as negociações que levaram a este acordo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade