Publicidade

Estado de Minas

Chanceler iraniano: ninguém acredita nos Estados Unidos


postado em 08/08/2018 06:18

O ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohamad Javad Zarif, afirmou nesta quarta-feira que é difícil imaginar novas negociações com os Estados Unidos quando "ninguém confia" neste país, que voltou a adotar sanções contra Teerã na terça-feira.

"Imaginem as negociações agora. Como poderíamos confiar neles?", questionou Zarif em entrevista ao canal público IRINN.

"Estados Unidos ziguezaguearam constantemente, ninguém pode confiar neles", completou.

O governo dos Estados Unidos, que se retirou em maio do acordo nuclear de 2015 entre o Irã e as grandes potências, afirma que deseja exercer "pressão máxima" sobre Teerã com as novas sanções.

Mas o presidente americano, Donald Trump, deu a entender que a porta estava aberta para negociações.

Na segunda-feira, Trump afirmou "aberto a alcançar um acordo mais amplo que aborde toda a gama de atividades malignas do regime, incluindo seu programa de mísseis balísticos e seu respaldo ao terrorismo".

Mas para Zarif, "antes ninguém apoiava o Irã. Agora todos os países do mundo apoiam".

Os países europeus que também são signatários do acordo nuclear se mostraram determinados a salvar o texto e a "proteger os operadores econômicos europeus comprometidos em negócios legítimos com o Irã".

A primeira rodada de sanções americanas entrou em vigor na terça-feira e inclui bloqueios às transações financeiras e às importações de matérias-primas, além de medidas para impedir as compras no setor automotivo e na aviação comercial.

Uma segunda rodada, marcada para 5 de novembro, atingirá o setor de petróleo e gás, assim como o Banco Central.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade