Publicidade

Estado de Minas

Excedente comercial da China com EUA cai 2,8% em julho após recorde no mês anterior


postado em 08/08/2018 06:18

O excedente comercial da China com os Estados Unidos caiu 2,8% em julho na comparação com junho, em um contexto de escalada da guerra tarifária entre Pequim e Washington, de acordo com os dados oficiais chineses.

O país asiático registrou no mês passado um excedente de 28,09 bilhões de dólares com os Estados Unidos, abaixo dos 28,9 bilhões (cifra revisada) de junho, segundo a Alfândega do país.

A notícia sobre o excedente, que no entanto permanece 11% maior que o registrado em julho de 2017, não deve reduzir a tensão entre China e Estados Unidos.

Estes são os primeiros valores sobre o comércio entre os dois países desde que Washington começou a aplicar, no início de julho, tarifas sobre produtos chineses equivalentes a 34 bilhões de dólares.

Na terça-feira, o governo dos Estados Unidos confirmou que a partir de 23 de agosto aplicará tarifas de 25% sobre alguns produtos chineses importados, equivalentes a 50 bilhões de dólares, ou seja, US$ 16 bilhões a mais que em julho.

Diante da escalada, o governo comunista denunciou uma "chantagem" e prometeu represálias.

Com o conjunto do mundo, as exportações da China registraram alta de 12,2% em julho em ritmo anual.

As importações do gigante asiático aumentaram 27,3% em ritmo anual no mês passado, contra 14,1% em junho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade