Publicidade

Estado de Minas

Niki Lauda está em estado muito satisfatório após transplante


postado em 06/08/2018 15:30

Tricampeão mundial de Fórmula 1, o austríaco Niki Lauda se encontra em estado "muito satisfatório" apenas quatro dias depois de realizar transplante de pulmão, informou nesta segunda-feira o hospital geral de Viena.

"Vinte e quatro horas após a cirurgia, Lauda estava plenamente consciente. Pôde ser desentubado e respira sem ajuda", disse o hospital em comunicado.

"Durante os dias seguintes sua condição melhorou constantemente e todos os órgãos estão funcionando bem", acrescentou.

Niki Lauda, 69 anos, teve que deixar sua férias no final de julho em Ibiza de maneira precipitada para ser hospitalizado em Viena após ter contraído um vírus pulmonar.

O transplante se tornou uma prioridade após ter sido utilizado um pulmão artificial durante a espera para ser operado.

Campeão do mundo de F1 em 1975, Lauda sobreviveu a um grave acidente de corrida no ano seguinte durante o GP da Alemanha. Os gases tóxicos respirados no acidente, que teve o carro em chamas, afetaram seus pulmões. Depois voltou a se sagrar campeão em 1977 e 1984.

O médico Walter Klepetko, que realizou o transplante, indicou o jornal Österreich que Lauda terá que esperar várias semanas antes de receber alta. Por outro lado, salvo complicações, "poderá voltar a voar, trabalhar e participar no esporte como o fazia antes".

O ex-piloto é também presidente não executivo da escuderia Mercedes e costuma acompanhar a temporada da F1 nos circuitos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade