Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Guatemala: ex-presidente suspeito de corrupção deixa cadeia


postado em 04/08/2018 15:51

O ex-presidente da Guatemala Alvaro Colom foi libertado após pagamento de fiança, depois de passar quase seis meses na cadeia sob investigação por suposta corrupção.

Colom recebeu liberação condicional depois de pagar US$ 133 mil. Os termos de sua liberação estipulam que ele não pode deixar o departamento da Guatemala, que inclui a capital. O promotor Juan Francisco Sandoval disse no sábado que seu gabinete planeja apelar da decisão do juiz.

O ex-presidente Colom, de 67 anos, foi presidente de 2008 a 2012. Ele foi preso em 13 de fevereiro junto com nove ex-ministros de gabinete em um caso envolvendo possível peculato e fraude relacionada a concessões de transporte público. O ex-presidente nega irregularidades. Fonte: Associated Press.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade