Publicidade

Estado de Minas

Recuperado na Argentina o neto 128, apropriado durante a ditadura


postado em 03/08/2018 18:06

A organização de defesa dos direitos humanos Avós da Praça de Maio anunciou nesta sexta-feira (3) ter recuperado o neto 128, um homem de 42 anos que foi sequestrado com cinco meses junto com sua mãe e um de seus irmãos durante a ditadura.

O homem, identificado como Marcos Eduardo Ramos, é filho de Rosario del Carmen Ramos, uma ativista que foi desaparecida em novembro de 1976 em Tucumán (norte) e que tinha outros dois filhos: Camilo e Ismael.

Seus irmãos e um de seus tios estiveram presentes nesta sexta-feira em uma coletiva de imprensa onde foi anunciado sua identificação e foram mostradas fotos de sua infância.

Na época do sequestro de Rosario, seus filhos Marcos e Ismael foram levados a uma casa onde ficaram uma semana antes de serem separados. Ismael escapou depois e pôde encontrar sua família paterna. Em 1999 denunciou o desaparecimento de seu irmão mais novo.

Camilo estava com seu pai quando seus irmãos Marcos e Ismael e sua mãe foram levados.

Marcos Eduardo Ramos foi encontrado depois que em 2013 outra pessoa declarou saber que aquele bebê havia sido apropriado por uma pessoa imputada por crimes contra humanidade na província de Tucumán.

Após uma série de investigações, Ramos foi contactado e fez um teste de DNA. Na quinta-feira, ele encontrou seus familiares, segundo as Avós da Praça de Maio.

Esta organização busca cerca de 500 bebês roubados durante a última ditadura (1976-83).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade