Publicidade

Estado de Minas

Presidente do Banco da Inglaterra diz que chance de Brexit sem acordo é alta


postado em 03/08/2018 06:00

O presidente do Banco da Inglaterra (BoE), Mark Carney, advertiu nesta sexta-feira que a possibilidade de uma saída do Reino Unido da União Europeia é "elevada", mas completou que continua sendo "improvável".

"A possibilidade de um não acordo é desconfortavelmente muito elevada neste momento", afirmou Carney à rádio BBC a respeito de uma opção que para ele "não é desejável".

Ao mesmo tempo, ele afirmou que este tipo de ruptura "é uma possibilidade relativamente improvável, mas é uma possibilidade".

Carney, canadense, que deixará o cargo em junho de 2019, disse que o BoE está preparado para todos os cenários.

"O que fazemos é garantir que os bancos tenham o capital necessário, a liquidez necessária e que tenhamos planos de contingência", explicou.

A saída do Reino Unido da UE está prevista para março de 2019 e deve ser acompanhada por um prazo de transição, desde que as duas partes alcancem um acordo em todos os aspectos da separação.

Mas até o momento Londres e os 27, representados pela Comissão Europeia, mantêm divergências graves, a principal delas sobre o futuro da fronteira irlandesa - a única terrestre entre as duas partes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade