Publicidade

Estado de Minas

EUA cancelam teste de voo de míssil intercontinental por 'anomalia'


postado em 31/07/2018 19:00

A força aérea dos Estados Unidos teve que cancelar nesta terça-feira (31) um teste de voo de um míssil intercontinental não carregado depois de ter sido detectada uma "anomalia", informaram funcionários.

O voo do míssil Minuteman III, que foi lançado da base da força aérea de Vandenberg, na Califórnia, terminou de forma segura no oceano Pacífico às 16h42 (08h42 de Brasília).

Atualmente, está se formando um "grupo de análise de lançamento" para determinar o que provocou esta anomalia.

"Uma anomalia é um evento inesperado durante o teste. Visto que estas podem surgir a partir de muitos fatores que têm a ver com a própria plataforma de lançamento ou com a equipamento que está sendo testado, uma análise exaustiva é necessária para determinar a causa", informou a força aérea em um comunicado.

As pessoas que trabalham na base de Vandenberg executam provas de rotina nos mísseis Minuteman e os lançamentos costumam ser planejados com anos de antecedência.

Décadas depois do fim da Guerra Fria, os Estados Unidos ainda têm centenas de mísseis balísticos intercontinentais Minuteman III espalhados por locais ao longo de zonas rurais.

Nos próximos 20 anos, a força aérea americana planeja substituir estes mísseis por um novo tipo, conhecido como Ground Based Strategic Deterrent (GBSD).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade