Publicidade

Estado de Minas

Dominic Raab, um carateca para negociar a saída do Reino Unido da UE


postado em 09/07/2018 13:54

O novo ministro britânico para o Brexit, Dominic Raab, é um eurocético e tem a particularidade de ser faixa preta em caratê e treinar boxe regularmente.

Aos 44 anos, Raab recebeu nesta segunda-feira a tarefa de liderar a iminente saída do Reino Unido da União Europeia (UE) depois que David Davis - seu antigo mentor - demitiu-se do cargo, por divergências com a primeira-ministra Theresa May.

May pretende manter estreitas relações comerciais com a UE, o que obrigará o Reino Unido a manter também muitas regras europeias e a seguir provavelmente sob a tutela do sistema europeu de justiça.

- 'Duro e sensato' -

O novo ministro é filho de um judeu da República Checa que chegou na Grã-Bretanha em 1938 aos 6 anos como refugiado.

Seu pai morreu de câncer quando Raab tinha 12 anos, e sua mãe o criou dentro da Igreja anglicana.

Raab estudou direito na Universidade de Oxford e depois obteve um mestrado na Universidade de Cambridge.

Foi advogado internacional no escritório de advocacia Linklaters de Londres, antes de ingressar no ministério das Relações Exteriores em 2000 como consultor.

Em 2003, ele foi enviado para Haia, para liderar uma equipe de Foreign Office dedicada a levar os criminosos de guerra à justiça, incluindo o sérvio Slobodan Milosevic, o sérvio-bósnio Radovan Karadzic e o liberiano Charles Taylor.

De 2006 a 2008, ele trabalhou como chefe de gabinete de Davis quando este era porta-voz do Interior dos conservadores, então na oposição.

Davis, um reservista das forças especiais, afirmou que chamou Raab em parte por causa de sua disciplina de atleta.

"Dominic é muito leal", disse Davis em 2014, de acordo com o Sunday Times, "Ele é muito duro e sensato, não se intimida. Tem pensamentos claros. Ninguém pode intimidá-lo".

Raab entrou no Parlamento em 2010, ocupando a cadeira destinada ao círculo eleitoral conservador de Esher e Walton, no sudoeste de Londres, e um ano depois foi eleito o melhor novo deputado na premiação política da revista The Spectator.

Em 2015, foi nomeado secretário de Estado para as Liberdades Civis, mas perdeu o posto com a renúncia de David Cameron em razão do referendo sobre a UE, no qual o jovem político fez campanha a favor do Brexit.

Em 2017, May o trouxe de volta para posições secundárias no governo e nesta segunda-feira o promoveu a uma das posições mais temidas em Londres, a de ministro do Brexit.

Raab é casado com Erika Rey-Raab, uma executiva de marketing brasileira, e eles têm dois filhos, Peter e Joshua.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade