Publicidade

Estado de Minas

Cunhado do rei da Espanha condenado a quase 6 anos de prisão


postado em 12/06/2018 06:24

O Tribunal Supremo da Espanha ratificou a condenação por corrupção para Iñaki Urdangarin, cunhado do rei da Espanha, e estabeleceu a pena em 5 anos e 10 meses de prisão.

A condenação é levemente inferior à pronunciada em primeira instância (6 anos e 3 meses), mas o marido da infanta Cristina de Borbón provavelmente será levado para a prisão nos próximos dias, embora ainda exista a possibilidade de uma tentativa de recurso no Tribunal Constitucional.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade