Publicidade

Estado de Minas

Argentina lança títulos do Tesouro em dólares para aliviar pressão cambial


postado em 11/06/2018 18:06

A Argentina anunciou nesta segunda-feira a emissão de títulos do Tesouro em dólares, após uma nova sessão cambial tensa, na qual o peso sofreu uma desvalorização de 1,81% frente ao dólar.

A pressão sobre a moeda argentina continua depois de o governo de Mauricio Macri acordar um auxílio financeiro de 50 bilhões de dólares com o Fundo Monetário Internacional (FMI), anunciado nesta quinta-feira.

A emissão, a ser confirmada em um leilão nesta terça-feira, será em dólares e com um vencimento a 210 dias, anunciou em comunicado o Ministério de Finanças.

O Tesouro definirá nesta sessão o montante da emissão, de acordo com as ofertas que receber.

Nesta segunda-feira a moeda argentina desvalorizou 47 centavos frente ao dólar, cotado a 26,45 pesos no mercado oficial, em uma sessão sem intervenção direta do Banco Central.

Na semana passada, a moeda argentina se depreciou 2,3%. O Banco Central tinha anunciado na quinta-feira que, a partir de então, deixaria de intervir no mercado cambial.

A liberação cambial faz parte do acordo com o FMI, que exige livre flutuação da moeda.

O FMI emprestará 50 bilhões de dólares em três anos e fará um primeiro desembolso de 15 bilhões em junho, como salva-vidas financeiro diante da escassez de divisas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade