Publicidade

Estado de Minas

Forças pró-regime freiam ofensiva do EI contra cidade síria de Bukamal


postado em 09/06/2018 11:12

As forças leais ao regime sírio frearam uma ofensiva do grupo extremista Estado Islâmico (EI), que teve que dar meia volta neste sábado (9) às portas da cidade de Bukamal, onde os combates continuam, anunciou uma ONG.

Na véspera, o EI recuperou o controle de uma parte desta cidade-chave no leste da Síria, na fronteira com o Iraque, após lançar uma série de ataques suicidas, a ofensiva mais importante do grupo extremista nos últimos meses.

"Os extremistas retrocederam até os limites oeste e norte da cidade depois de intensos combates com as forças pró-regime, freando a ofensiva com a chegada de reforços nestas últimas horas", declarou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Em 24 horas, os combates causaram 30 mortes entre as forças do regime e seus aliados - combatentes do Hezbollah libanês e iranianos -, detalhou esta ONG. Ao menos 21 extremistas morreram.

Nem a mídia oficial síria nem o Exército mencionaram essa ofensiva extremista, lançada do deserto, nem tampouco os combates em Bukamal.

Em novembro, EI perdeu o controle de Bukamal, o último centro urbano em suas mãos após sofrer, por um lado, várias derrotas para o regime e seus aliados, e, por outro, para as Forças Democráticas Sírias (FDS), apoiadas pelos Estados Unidos.

Bukamal está localizada na província oriental de Deir Ezzor, perto da fronteira com o Iraque, onde o governo proclamou a vitória contra o EI no final do ano passado.

O EI controla atualmente menos de 3% do território sírio, em comparação com os 50% que dominava no final de 2016, na época do auge de seu "califado" na Síria.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade