Publicidade

Estado de Minas

Renuncia diretor de animação da Disney por conduta imprópria


postado em 08/06/2018 21:06

O chefe de animação da Disney, John Lasseter, anunciou nesta sexta-feira que abandonará o grupo ao final do ano, após voltar da licença que havia tirado em novembro, quando foi acusado de comportamento impróprio.

"Os últimos seis meses me deram a oportunidade de refletir sobre minha vida, minha carreira e minhas prioridades pessoais", assinalou o executivo, de 61 anos, em comunicado divulgado pela Disney.

"Apesar de continuar dedicado à arte da animação e inspirado pelo talento criativo na Pixar e na Disney, decidi que no final deste ano será o momento correto para começar a me dedicar a novos desafios criativos".

Diretor pioneiro de "Toy Story" e "Toy Story 2", Lasseter admitiu em novembro que causou "incômodo" a sua equipe com abraços indesejados e que falhou em garantir uma cultura de "confiança e respeito" entre seu pessoal.

Sua saída é mais um capítulo da onda de escândalos de abuso sexual em Hollywood deflagrada com as denúncias contra o produtor Harvey Weinstein.

Ganhador do Oscar, Lasseter é conhecido por transformar a Pixar de um pequeno departamento gráfico na Lucasfilm, o mais bem sucedido estúdio de animação do planeta.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade