Publicidade

Estado de Minas

Presidente afegão anuncia cessar-fogo para fim do Ramadã


postado em 07/06/2018 06:54

O presidente afegão, Ashraf Ghani, anunciou um cessar-fogo temporário, nesta quinta-feira (7), por ocasião das festividades do Eid al-Fitr, que marcam o fim do Ramadã - de acordo com mensagem publicada em sua conta no Twitter.

O cessar-fogo começará na segunda-feira, "27º dia do Ramadã, e continuará até o quinto dia do Eid al-Fitr", que cairá, provavelmente, em 15 de junho, uma sexta-feira, acrescenta.

O chefe de Estado afegão explicou que essa decisão, inédita, é uma resposta "à fatwa histórica dos ulemás afegãos". Na última segunda-feira (4), eles decretaram que o terrorismo é contrário ao Islã.

Reunidos em Cabul em uma Loya Jirga (grande assembleia, em língua pastun), milhares de dignitários religiosos de 34 províncias publicaram um decreto que declara que "os ataques suicidas e as explosões são contrários à lei e (são) um pecado grave".

"As guerras em curso no Afeganistão não têm qualquer fundamento. As únicas vítimas são os afegãos. Não têm qualquer valor religioso, ou humano", afirma o texto, acrescentando que "apoiá-las, ou financiá-las, é contrário à sharia", a lei islâmica.

Ghani propôs a paz aos talibãs no final de fevereiro, mas os insurgentes não responderam.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade