Publicidade

Estado de Minas

Suécia convoca 22 mil reservistas para manobras militares


postado em 06/06/2018 10:48

A Suécia convocou 22 mil reservistas nesta quarta-feira (6), dia da festa nacional, para um exercício inédito em 40 anos, com o objetivo de pôr à prova a mobilização dessa força de apoio ao Exército.

Anunciadas na terça-feira, as manobras mobilizarão 40 batalhões no território sueco e respondem a um esforço de remilitarização do país, em um contexto de tensões entre a Rússia e os países ocidentais.

O Exército espera que responda a seu chamado pelo menos metade dos voluntários, que ocupam funções de vigilância, defesa e logística, principalmente terrestres.

É a primeira vez desde 1975 que o Estado-Maior organiza um exercício em nível nacional com os reservistas.

"Nossa missão é reforçar a defesa da Suécia e melhorar nossas capacidades operacionais (...) Vamos testar a cadeia de mobilização de cerca de metade da nossa organização, o que não fazemos desde 1975", disse o chefe do Estado-Maior do Exército, general Micael Byden, em um comunicado.

A Suécia, que não viveu nenhum conflito armado em seu território em dois séculos, não faz parte da Otan, mas tem um acordo de associação com a Aliança Atlântica.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade