Publicidade

Estado de Minas

Falsificação custa EUR 60 bilhões por ano à economia europeia


postado em 06/06/2018 06:24

As falsificações provocam perdas anuais de 60 bilhões de euros a 13 setores da economia europeia, de acordo com um estudo do Escritório da União Europeia para a Propriedade Intelectual (EUIPO) publicado nesta quarta-feira, por ocasião do dia mundial de combate à falsificação.

O estudo, que examina os setores mais expostos, revela que as perdas diretas a cada ano atingem 7,5% das vendas, indica o EUIPO em um comunicado.

As falsificações também afetam o emprego, pois os fabricantes produzem menos e, em consequência, contratam menos. O estudo calcula 435.000 postos de trabalho perdidos.

O estudo calcula que o Reino Unido perde 9,2 bilhões de euros com as falsificações, seguido por Itália (8,6 bilhões), Alemanha (8,3 bilhões). A França perde EUR 6,8 bilhões.

De acordo com o EUIPO, as falsificações custam quase 15 bilhões de euros aos Estados em perdas de impostos e contribuições sociais.

Os 13 setores estudados são: produtos cosméticos e cuidados pessoais, roupas, calçados e acessórios; artigos esportivos; brinquedos e jogos; joias e relógios; artigos de couro e malas; música; vinhos e licores; produtos farmacêuticos; pesticidas; telefones celulares; baterias e pneus.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade