Publicidade

Estado de Minas

Funcionários de Disney e Lego entre 11 presos por pornografia infantil nos EUA


postado em 05/06/2018 21:30

Onze homens foram presos por posse e distribuição de pornografia infantil na Flórida, entre eles um funcionário da Disney, outro da Lego e um ajudante dos Boy Scouts, informou a polícia nesta terça-feira (5).

Os 11 homens foram acusados de 660 cargos no contexto da "Operação Guardiães da Inocência II", concentrada em identificar pessoas que possuam, promovam ou distribuam pornografia infantil, informou o gabinete do comissário do condado de Polk, no centro da Flórida.

Os homens tinham "pornografia de crianças que estavam sendo estupradas; de bebês tão pequenos que usavam fraldas sendo estuprados por homens adultos. Esta é uma conduta muito horrenda", disse o comissário Grady Judd em coletiva de imprensa.

Seu gabinete ainda não identificaram as vítimas, detalhou o comissário.

Um dos presos é Roger Catey, de 53 anos e gerente de projetos no departamento de fantasias de Walt Disney World, o parque temático que atrai milhares de crianças a milhões de crianças por ano não longe de sua residência em Davenport.

Rickie Vargas García, de 30 anos e também de Davenport, trabalhava como construtor da Lego para Merlins Entertainment, em uma instalação fora do parque temático Legopark. "Ele admitiu que conversava com crianças on-line", e trocava fotos em que ambos apareciam sem roupa, informou o comissário.

Edward Zaborowski, de 48, tinha fotografias de vítimas de 4 a 6 anos. É garçom em um bar do condado vizinho de Osceola e, como hobby, participa como "pai voluntário" e motorista da tropa do Boy Scouts de seu filho.

"Pais, vocês têm que saber que sites seus filhos visitam na internet, porque aonde quer que eles estejam, esses homens estão", disse o comissário Judd.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade